meireles

Dicas & InspiraçãoConstrua a cozinha perfeita para si

1. Compilação das características do espaço e das características pessoais

Dados do espaço

Estes elementos são importantes porque pois definem o espaço disponível para a nova cozinha. No entanto, não é suficiente decidir a planta, mas também outras características essenciais que podem condicionar a organização do espaço na sua cozinha, tais como:
- Padrões de conexões (energia, água, etc.)
- Dimensões e altura do parapeito das janelas
- Locais alternativos para arrumação na casa
- Posição da mesa
- Área da cozinha (comprimento, largura, altura específica)

Informações sobre a residência e dados específicos pessoais

- O tamanho da residência
- Os hábitos de vida, de cozinhar e de alimentação
- Os hábitos de compras
- A função da cozinha (centro de comunicação, apenas uma cozinha de trabalho, se pretende mesa, balcão para refeições rápidas, ilha, etc.)
- Estatura (para averiguar a altura de trabalho ideal)
- Pessoa destra ou canhota (importante para a disposição ideal dos sectores)
- As mercadorias que pretende armazenadas na cozinha


2. Divida a sua cozinha em sectores

Numa cozinha podem ser identificadas 5 áreas chave, cuja correcta interligação optimiza a sua movimentação no espaço e a realização de tarefas.




Zona de Despensa
 
Esta zona é usada para armazenar produtos consumíveis, alimentos e condimentos utilizados, que frequentemente necessitam de ser reabastecidos. Esta zona inclui alimentos frescos, refrigerados e congelados por isso inclui o frigorífico e a arca congeladora. 
Zona de Armazenagem Esta zona de armazenagem é usada para armazenar itens usados diariamente, como utensílios de cozinha, talheres, pratos e copos.
Zona de Limpeza Lava-louças, máquina de lavar louça, caixote de resíduos compõem esta área.
Zona de Preparação Um ponto fulcral na cozinha. Todos os alimentos para cozinhar/ levedar estão dispostos nesta zona. Utensílios e pequenos aparelhos de cozinha são armazenados e usados aqui. Utensílios de cozinha sujos podem ir directamente para a máquina de lavar louça e itens perecíveis podem voltar para o frigorífico. Itens de despensa usados frequentemente para preparar refeições podem ser armazenados aqui.
Zona de Cozinhar O coração da cozinha - disposto ao redor do fogão ou forno e placa, microondas e exaustor. Nesta zona devem estar armazenadas panelas, frigideiras e livros de cozinha. 


3. Determine a melhor disposição da cozinha observando a área disponível e as suas necessidades

Todas as cozinhas são planeadas para se inserirem na área disponível, no entanto, todas as cozinhas tendem a seguir os mesmos princípios básicos.

O layout de uma boa cozinha leva em consideração a localização de cada zona da cozinha, e as necessidades de uso dessas zonas para o desempenho das várias tarefas. Uma correcta disposição das zonas irá diminuir dramaticamente os movimentos dentro da cozinha e originar uma cozinha funcional e organizada.

Idealmente, seja qual o layout da cozinha, as zonas devem relacionar correctamente a ordem das tarefas.

Por exemplo, a zona de preparação de alimentos, idealmente, deveria situar-se entre a zona de limpeza e a área de cozinhar. Esta disposição permite uma área livre suficiente para a preparação de alimento, proximidade da banca para a lavagem de alimentos e acesso a área de cozinhados.

Exemplos de distribuições correctas:


4. Projecte o armazenamento de alimentos e de todos os utensílios de cozinha ergonomicamente



Itens utilizados frequentemente

  • Em extensões de acesso fácil e rápido directamente abaixo da área de trabalho
  • No primeiro nível da área do armário superior

 

Itens menos utilizados

  • Nas áreas intermédias dos armários superiores e inferiores 

 

Itens raramente utilizados

  • No nível mais alto dos armários superiores
  • No nível mais baixo dos armários inferiores


5. 5. Disposição dos módulos da cozinha 

Projecte a disposição dos módulos da cozinha pelos maiores ou por aqueles que têm mais vínculos, levando em consideração que tipo de módulo será necessário de acordo com a disposição dos elementos. Por exemplo, ao lado do fogão, é interessante deixar um módulo porta-temperos, ao lado do lava-louças, um módulo porta-toalhas.
Procure manter a modulação o mais uniforme possível, ou seja, utilize de preferência as mesmas medidas para os módulos inferiores e superiores. Por exemplo, se utilizar um módulo superior de 80 cm de largura, o módulo que fica abaixo dele, pode ser um módulo inferior de 80 cm de largura ou dois módulos de 40 cm, o alinhamento das portas proporciona uniformidade da cozinha.

Dicas para a disposição dos elementos:

O frigorífico nunca deve ser colocado directamente ao lado do fogão/forno, uma vez que o calor dos mesmos pode prejudicar o funcionamento do frigorífico.
Recomenda-se garantir algum espaço livre em torno do frigorífico para permitir a circulação de ar (2 a 5 cm nas laterais e 15 cm no topo).
O forno de encastre também necessita de uma área livre dentro do módulo onde é instalado para proporcionar a circulação de ar quente.
No geral para electrodomésticos de encastre devem ser seguidas as instruções para a instalação dos produtos para que funcionem correctamente sem prejuízo do seu desempenho.

6. Ergonomia & Circulação

Circulação

Em média, para cada indivíduo existe uma área compreendida por 60x50cm denominada zona de contacto, que forma uma elipse ao redor da pessoa. A partir desta área, é possível determinar as áreas mínimas para circulação de pessoas em vários ambientes. Recomenda-se observar as seguintes medidas no projecto:

- Distância mínima para passagem de uma pessoa é de 60 cm.
- Distância mínima para uma pessoa agachar é de 76 cm.
- Distância mínima para passagem de duas pessoas é de 120 cm.
- Para as cozinhas em configuração paralela deixar no mínimo 120 cm de espaço livre entre as 2 fileiras de móveis.


Alturas dos módulos

É conveniente saber a altura da pessoa que utilizará a cozinha para determinar a altura ideal da bancada. Uma pessoa alta manterá uma postura curvada para trabalhar o que pode proporcionar desconforto.
A altura dos módulos inferiores, superiores, tampos, prateleiras, acessórios e demais elementos, depende das alturas das pessoas que utilizam a cozinha. A tabela seguinte recomenda a altura aproximada do tampo (módulos inferiores) com relação à altura da pessoa.

Módulos superiores

A altura do módulo varia de acordo com a altura da pessoa. Uma forma de perceber a altura ideal é utilizar como guia a linha dos olhos do usuário. Os módulos superiores basculantes devem estar no mínimo a 66 cm de altura acima do tampo. Isto porque ao abrir a porta, o usuário deve ver o que se encontra no interior do módulo. Pessoas mais altas necessitam dos módulos posicionados acima de 66cm.

 

Informação para o utilizador

Redes sociais